terça-feira, 21 de maio de 2013

Tata's Paradise - Total Falta de Respeito





Já faz um tempinho que postamos a respeito da postura de algumas lojas do Taobao de não vender mais pra compradores fora da China e nem pra representantes como o Bhiner.

 Que é uma babaquice com os clientes internacionais (embora saibamos que o Taobao é feito por chineses para chineses e ai tem toda a cultura econômica do país pra explicar os motivos - e continuamos não concordando, embora compreendendo), continua sendo besteira não vender pra um representante chines.

 Os compradores estão pagando o valor que pedem e os vendedores não perdem nada com isso. Diga-se de passagem que ganham mais clientes e aumentam o leque de compradores, já que o mercado não fica reduzido a um só país de colecionadores.

 O mais irônico é que os vendedores de recasts não vêem o menor problema em enviar dolls pra outros países, mas alguns vendedores de itens e roupas vêem. Engraçadinho, não?

 Enfim... a primeira loja que notamos essa atitude foi a Tata's Paradise

 Eu sempre gostava de comprar na Tatas por dois motivos: Várias lojas não possuíam roupas casuais, geralmente eram temáticas ou muito cheias de frufru. Gosto de vestir meus meninos com roupas que usamos no dia a dia, então não tinha muita opção. Quando aparecia alguma, os preços eram exorbitantes! Não precisamos ir longe, é só olharmos pra 9nine Style... roupas lindas, bem feitas, mas caras...! 

 E não adianta dizer que é pra justificar mão de obra+material, porque nunca, nunca vou aceitar uma calça jeans de BJD custar o valor de uma calça pra humano!

 A Tata's tinha o tipo de roupa que procurava e por preços acessíveis, mesmo a loja americana, que foi a que conheci primeiro, tinha uma diferença significativa das demais.

 Então conheci a Tata's e o Taobao pela minha amiga Chibi Lilie e vi que a Tata's chinesa tinha preços DUAS vezes menores que a americana, três em algumas peças. Logo, passei a comprar minhas roupinhas por lá. 

 Pois bem, na ultima GO  (group order) que fiz com a Anna G., pedimos vários itens da Tata's e tinha peças que não encontramos em outras lojas, obviamente a confecção é própria. Ela foi a última loja a dar um parecer pro Bhiner sobre a compra e o parecer foi negativo. Simplesmente não aceitou nosso pedido, sem maiores explicações. 

 A Anna então pediu pro Bhiner tentar mais uma vez, avisando que estávamos pedindo por lá pois muitos itens não estavam disponíveis na loja americana e com o valor que compramos lá, compraríamos metade na segunda. A resposta da Tata's foi pra que comprássemos na loja americana

 Sem mais. 

 A Anna até pensou em desistir de pedir na Tata's, mas como tinha peças que precisávamos (e eu morro de dó de gastar horrores com lojas mais caras, confesso) tentamos uma segunda alternativa.

 Como a loja só venderia pelo Taobao pra um endereço chines, uma amiga da Anna (cujos mais moram da China) se prontificou a fazer o pedido por nós e lhe passamos a lista pra fazer a order.

 Depois de mais de TRÊS semanas enrolando pra responder, dizendo que tava com pedidos acumulados e muito trabalho, e confirmar o pedido... a Tatas CANCELOU tudo!! Mais uma vez! Sem qualquer motivo! 



  Com os dias passando e o tempo correndo pros pais da garota receberem o pedido antes de viajarem, a moça mais uma vez se prontificou a tentar fazer a order de outro modo (vejam bem, ela não tinha qualquer obrigação, foi na boa vontade mesmo!). Então, distribuiu o pedido entre amigos chineses, vários endereços, e eles fizeram.

 A Tata's, totalmente enrolada e passando um atestado de incompetência, demorou mais de uma semana pra responder se os itens estavam em estoque. Por fim, deu sinal positivo e só faltava o pagamento pra enviar a order.

... Quando a infeliz CANCELOU o pedido NOVAMENTE!

 Sem qualquer BOM motivo! 



 Gente... vamos combinar... qual a explicação? Tudo bem que na segunda tentativa a garota pediu os mesmos itens que as mina não chinesas (Anna e eu) pediram, mas no terceiro pedido foram pessoas aleatórias de várias partes da China!

 A impressão que tivemos foi que a Tata's simplesmente não respeita mais seus clientes, sejam eles de onde forem. 

 Não há motivo pra negar uma venda dessa maneira, a não ser que o vendedor não queria trabalhar/lucrar. Ou que ele seja um péssimo negociante mesmo (no caso, aposto na segunda opção, a Tata's se provou uma imbecil). 

 Nós, não chineses, que compramos pelo Taobao, não pagamos o mesmo que os chineses e não temos as mesmas vantagens, mesmo comprando pelo mercado chines!! Temos que pagar taxa pros representantes, pagamos envio de cada loja até eles e depois um envio internacional (geralmente o mais caro - EMS - por ser mais seguro). Logo, não temos as mesmas vantagens que os chineses! Mesmo pagando mais barato que em suas lojas americanas!

 E por que os valores precisam ter uma diferença tão grande entre os chineses e os internacionais? Por que uma camisa na Tata's chinesa pode custar $8 e na americana precisa custar $20? Será que eles pensam que TODOS os ocientais tem uma situação econômica melhor e por isso podem pagar 3 vezes o valor de algo? 

 E por que existem itens exclusivos (como sapatos) na loja chinesa? Ou alguns itens estão out na americana, mas estão disponíveis na chinesa? E se eu quero aquele sapato lindo que só tem ali? Fico sem porque ela não vendem pra outro país pela loja chinesa?

 Dizer que eles gastam mais (e por isso cobram mais) pra enviar pra fora seria mentira, quem paga o frete são os clientes. Saiam eles de onde saírem.

 Resultado: A partir de agora prefiro optar por outras lojas chinesas, que ainda não adotaram essa postura babaca, ou juntar um pouco mais e comprar em lojas coreanas, porque pelo menos temos uma boa justificativa pra não nos venderem algo, como o simples fora de estoque.

 É uma pena que de nosso país, certamente apenas a Anna e eu adotaremos essa postura, pois muitos continuarão comprando da Tata's. E os demais colecionadores do mundo afora também... porque talvez, se ela tivesse uma drástica diminuição nas vendas e fosse reduzida ao seu superprotegido mercado nacional, aprendesse a valorizar e RESPEITAR os clientes não chineses.



8 comentários:

Juliana Carvalho disse...

A tata's era uma loja tão boa... é uma pena que esteja assim agora, aliás, acho que por ser fabricação própria, a Tata's devia ter posto um freio antes de sair 'crescendo demais' a ponto de não dar conta dos pedidos nem mesmo da china.

Uma coisa que percebi no Taobao é que é comum as pessoas comprarem um item e receberem a resposta que tá fora de estoque depois, até ai a Tata's podia estar passando por esse problema mas ainda assim não justifica cancelarem sem ao menos dizer 'items estão fora de estoque'.

Se continuar assim a Tata's vai acabar, porque cedo ou tarde esse atendimento ruim vai se alastrar e a vontade de comprar lá diminuir mais e mais

yoshia disse...

Eu comprei uma vez na Tata não gostei muito da qualidade das roupas. Eu tenho roupa da Nine9, e a qualidade é muito melhor, mas como é super caro nem rola ficar fazendo compra lá.
Ultimamente qdo olho roupa é na Alice's Collection ou na Sunny's Wonderful World, os preços são razoáveis e eu gostei bastante do que recebi até hoje, exceto pelas fur wigs da SWW.

Outro motivo pra eu não comprar na TATA é que agora eles deram pra cobrar taxa do paypal. Taxa que é obrigação do vendedor pagar. Na verdade eu acho que nas proprias regras do paypal fala que essa taxa não pode/deve ser cobrada do comprador, então por causa disso nunca mais entrei no site deles.

Agora sendo sincera, algumas das suas reclamações é muito coisa de classe média sofredora "Eu quero isso, mas só vende na loja chinesa, por que eu não posso ter?" é quase igual o pessoal que compra recast, porque acha que tem que ter um doll só porque gostou dele e, se não consegue ter, fica choramingando. Vocês já são adultas, inteligentes e não precisam desse tipo de pensamento.

mas é realmente super estranho que os chineses não queiram mais vender nem para representantes. Pior pra eles que vão perder um bocado de clientes.

Anna G. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anna G. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anna G. disse...

Yoshia - Na verdade, o problema citado não é sobre não poder ter ou não - não necessariamente somos classe média sofredora, aliás, uma das autoras nem é classe média mesmo. O problema é você solicitar os serviços de uma loja que está ali para atender ao cliente, e ela simplesmente te impedir te realizar a compra, de ser clientela dela, por não querer, sem motivo aparente, reestocar um item na loja internacional e ainda partir do princípio que todo chinês é coitadinho que tem que pagar mais barato. Você comentou sobre recasts - nós nunca vamos reclamar de ter que comprar um recast por querer um original e não podermos comprar, pois não compramos recasts de forma alguma. Agora a grande contradição é os chineses quererem vender recasts pra tudo que é canto do mundo por precinhos amigáveis, mas na hora de vender roupinhas, querem manter um nicho comercial. Esse é o problema que está sendo descrito, caso não tenha ficado claro pelo texto do post.

Se você acha a mentalidade do post uma mentalidade de classe média sofredora, eu sinceramente achei o seu comentário uma mentalidade de brasileiro que tem preguiça de reclamar do serviço e prefere simplesmente se conformar que não pode fazer algo em vez de lutar por isso. É por causa desse tipo de mentalidade que os serviços brasileiros são uma porcaria - porque em vez de reclamar, as pessoas se acomodam por acharem melhor não ter trabalho. Em outros lugares as pessoas reclamam, sim, quando acham que um serviço que um vendedor ofereceu ao público foi injusto com ele, e é assim que os vendedores se sentem obrigados a melhoras e a tratar bem os consumidores.

O problema no post não foi o mimimi de não conseguir um item - a solução foi simplesmente pedir de outra loja e acabar gastando o dobro do que gastaríamos, mas conseguimos de qualquer jeito. O problema é um desrespeito com os compradores até chineses, pessoas que vivem lá, só porque a Tatas quer explorar os estrangeiros. Esse desrespeito que a gente vê diariamente não na Tatas, como em qualquer serviço público no Brasil e em muitos mais, como empresas que te mantém por horas no telefone sem resolver problema nenhum.

Desculpe se a resposta pareceu dura, mas achei seu comentário rude e discordo totalmente dessa mentalidade acomodada de apenas se conformar com um comportamento desrespeitoso. Classe média sofredora é, na verdade, gente que se acomoda por medo de perder o pouco que tem e que não quer lutar por mais por falta de força de vontade, e não de quem luta pelo que quer ou que faz uma reclamação no blog pessoal quando se sentiu injustiçado.

Fran Briggs disse...

Olha, Yoshia, eu gosto das roupas da Tata's, de uns tempos pra cá ela melhorou bastante até. A Sunny's eu considero da mesma qualidade, também compro algumas coisas de lá, mas não tenho comprado ultimamente porque ela também triplicou o preço e hm... se é pra pagar caro na Sunny's, pago na 9nine. A Alice's eu não compro, acho muito roupa baciada e não me agrada o caimento... mas a verdade é que nenhuma loja supera Volks em qualidade, ou as lojas coreanas. Tem um pessoal que vende a leilão no Y!J que são esplendidos!!!

O lance da taxa na verdade eu nunca reparei porque to tao acostumada a pagar as taxas do pp que nem me dei conta.

Já o fato de parecer 'classe media sofredora'... Bom, estamos falando sobre isso num blog sobre bonecos que custam três dígitos em dolares, o assunto aqui é futilidade e reclamar do preço das futilidades postadas aqui faz parte. Se fosse um blog sobre a fome da Africa ou a sucataria que virou o RJ eu entenderia o seu ponto. No meu blog em dupla com a Abel sobre BJDs, que é algo supérfluo eu me reservo o direito de reclamar sim de um desrespeito do vendedor x de um item supérfluo... e honestamente se você o frequenta e tem doll é tão classe media como eu, só é mais conformada e não reclama de algo que não deveria ter que suportar.

Um vendedor tem obrigação de respeitar um cliente (ainda mais nesse caso em que tinha um endereço Chines) porque o objetivo dele é VENDER. Se ele fosse ator sua obrigação seria respeitar o diretor e assim por diante.

Sim, eu sou adulta, inteligente e exatamente por isso eu RECLAMO de algo que não gosto. Essa postura da Tata's afeta não só a mim ou a segunda autora do blog, afeta qualquer outra pessoa que coleciona BJD e que compra lá. Não é o seu caso, já que não gosta das roupas da Tata's.

Mas não tente tirar de mim ou me rebaixar pelo meu direito de falar o que eu quiser no meu blog. Isso foi grosseiro, desnecessário e amargurado de sua parte e eu nunca te dei intimidade pra me tratar dessa maneira. Aliás, não a dou a ninguém.

Se quer não quer ler sobre futilidades da classe media é livre pra procurar algum blog mais produtivo.

Sem mais.

talic-os disse...

1. Já comprei da Alice's Collections 2 vezes, as roupas lá são de baixíssima qualidade (tenho roupas do taobao, da tata's, da SWW, da rosen lied, da leeke, as da alice's são as piores). E a Alice's também cobra as taxas do paypal.

Sim, é contra as regras do paypal o vendedor cobrar as taxas (se for fazê-lo, que faça uma média no valor do produto)

Yoshia, comparar itens originais de um mesma loja com gente que compra recast? Foi no mínimo exagerado, né?

Acredito que a reclamação das meninas seja algo como "Ei, você, eu quero te dar o meu dinheiro, em troca dessa coisa aqui que vocês estão vendendo, POR QUE VOCÊ NÃO ACEITA O MEU DINHEIRO?". Se a loja está vendendo, por que eu não posso comprar?

Taki Kamimura disse...

Convenhamos em um fato aqui: Pessoas que você Yoshia, colocaria nessa categoria da "classe média sofredora", não são pessoas que você normalmente veria em um hobby tal como BJDs, pra início de conversa. Como a Fran falou, estamos comentando de um hobby onde você NO MÍNIMO gasta 3 dígitos em dólares e você paga na grande maioria das vezes A VISTA, não é que nem Casas Bahia que você acaba três vezes o valor do produto em juros sem ver e tá tudo beleza porque você pelo menos tem aquilo que quer.

Não tenho a menor idéia de onde que você tirou do post das meninas este pensamento a um ponto de você comparar isso com um recast. Tudo que eu vejo aqui é um post de reclamação como CONSUMIDORAS que elas tem todo e qualquer direito de fazer porque elas queriam GASTAR DINHEIRO na loja e o péssimo atendimento deles as impediram de faze-lo, mesmo que por meio de terceiros.

Precisamos lembrar aqui uma coisa que é um fato: Atendimento é o item mais importante quando se trata de uma empresa se por no mercado. Se não, não seria atoa que empresas tais como a Kromos Inc. teriam feito pesquisas no mercado que afirmam que 82% das pessoas deixam de fazer uma transação/compra com uma empresa por causa de seu atendimento. A Fran e a Abel são um exemplo de pessoas que fazem isso, principalmente após de escreverem este post.

Bem, acho que consegui deixar bem a minha mensagem por aqui.