segunda-feira, 6 de maio de 2013

Cala a Boca, Bárbara -- O Bom Senso e a Hora de Calar


 Sempre me orgulhei de falar menos e ouvir mais. 

 É muito bom quando se tem maturidade pra entender que nem tudo o que pensamos temos de dizer, ainda mais se pretendemos ser adultos com vidas sociais saudáveis.

 Sabe como é, né? Vocês nunca chegam em alguém que mal conhecem, que não é amigo íntimo e dizem que sei lá, odeiam a roupa dele. Mesmo se o dito cujo perguntar, tentarão responder de um modo que não magoem, já que não o conhecem o suficiente pra saber como ele lida com esse tipo de sinceridade. 

  Agora imagine dizer algo assim sem que o dono da roupa pergunte sua opinião!?

  No meio de um hobby não acredito que deveria ser diferente. Aliás, não deve ser diferente. 

  Mais de uma vez, mencionei aqui no MMR Blog, que o hobby é como uma micro sociedade, então o que não pega bem lá fora, no mundo real, também não pega bem entre colecionadores. E esperamos que todos compreendam isso.


  Mas é obvio que não é assim. 


 Muitos jovens (e até adultos imaturos) estão nessa onda de que são sincerosautênticos e que devem falar tudo o que pensam porque esse é o diferencial deles, porque isso é cool

 Só que tem um detalhezinho que ignoram apesar de toda a sua vasta sabedoria de como viver socialmente: Isso não é autentico, nem legal. É só uma tremenda falta de noção, educação e respeito.

 Não to dizendo que pra ser legal com todo mundo, ou ser aceito, precisam mentir. De maneira alguma, já que isso os tornariam pessoas falsas e sonsas... Mas não é TUDO o que pensamos que temos que sair dizendo por aí, na cara de todo mundo.


 Porém, se o intuito for conseguirem colegas (nem falei amigos, hein?) de hobby pra bater papo, trocar ideias, se divertirem, é melhor aprenderem a aplicar o conselho do pai do Tambor. Ah! Não se lembram/sabem de quem estou falando? 

 Ok, vou parafrasear e mostrar exatamente o que nosso amiguinho felpudo diz no filme Bambi:


'Se não souber dizer uma coisa agradável, então não diga nada'.




 Não é um grande sacrifício, é?

 Vocês devem estar se perguntando porque a tia Fran está escrevendo um post sobre tomar cuidado com o que se fala e a titia responde: Porque sempre tem pessoas que precisam ser relembradas dessa regrinha de ouro.

 Dizemos que o hobby de BJDs lida com ego, é sobre estética, criação, personagens autorais. Obviamente lida com o ego de cada dono e ninguém gosta de ouvir coisas ruins a respeito dos seus dolls, mesmo que eles não se encaixem no padrão de beleza da maioria.

 Não são todos os dolls que vejo em galeria do Flickr, DevinatArt, Den of Angel e etc, que gosto. Aliás, existem fotos antigas dos meus próprios BJDs que percebo que estão péssimas, assim como o doll fotografado. Existe um post aqui no MMR Blog falando sobre como os nosso  bonecos já foram feinhos e que não há nada de errado nisso. 

 Mas são os próprios donos tomando consciência de que precisam melhorar e não um companheiro de hobby que saiu apontando todos os defeitos do BJD pro dono.

 Ou mesmo que o doll seja lindo de morrer, mas não gostem do modelo, face ou visual, não é problema de vocês! O doll não é de vocês, então, se o dono não perguntar o que acham e dizer pra serem sinceros e não medirem palavras, não precisam esfregar na cara dele o quanto desgostam daquele boneco.

 Isso é ofensa gratuita e só mostra o quão imaturos são pra estarem no meio de qualquer hobby, aliás, na minha visão, no meio social. 


 Não é normal encontrarem alguém uma ou duas vezes na vida, ou apenas falarem com essa pessoa pela internet, verem uma foto e dizer que odiaram a cor dos olhos dela, é? 

 Então porque acham que é normal ver a foto do doll de alguém, que nem é amigo intimo, e dizerem que odeiam/desgostam daquele doll? E mesmo se forem amigos... é assim que tratam as pessoas que amam e com querem conviver? óo

 Se algo não os agrada numa foto, modelo, visual, ou qualquer outra coisa no BJD de segundos e terceiros, lembre-se da regrinha do papai do Tambor e não digam nada!

 Já passei por essa situação desagradável e vejam bem, não estou dizendo que os colecionadores não têm direito de expor suas opiniões, mas falar algo ofendendo o modelo/doll/personagem pro próprio dono é maldade. Nada mais que isso. 

 E não vamos ignorar que alguém que o faz está querendo auto afirmar alguma coisa, né? Porque não há motivo pra ser tão desagradável apenas usando a desculpa de que é sincero e é isso aí.

 Outra vez comentaram com uma amiga que não gostavam do personagem 'x' dela. Hm... vejamos... Essa amiga não perguntou se a pessoa gostava ou não do personagem  e se ela não perguntou não deve ter sido nada agradável saber. Porque os autores sentem carinhos pors seus personagens em dolls, eles pesquisam, criam, escrevem... Não adianta pensar que dizer isso não é nada pessoal porque qualquer criação autoral é pessoal e se o autor não perguntou suas opiniões, não digam nada.

 Principalmente algo tão desagradável.

 Pensem bem, amiguinhos... se já é tão desconfortável ouvirmos esse tipo de crítica de quem não é do hobby, de quem nos julga apenas porque colecionamos bonecos, o que sentem os donos que passam pela situação infeliz de ter que ouvir isso de pessoas de dentro do hobby?



 Depois não podemos reclamar quando a comunidade se divide em núcleos ou quando poucas pessoas se aproximam de outras. Talvez seja uma forma de defesa, uma maneira de se poupar de um aborrecimento?

 Se realmente precisam falar sobre o desgosto do molde 'y', do personagem 'x' ou do visual 'z', não façam isso com os donos! Procurem quem compartilhe de suas opiniões e pronto. Vai ser melhor até mesmo pra vocês, que terão alguém, que concordará com suas críticas.

 Dizer pro dono que não gostam do personagem ou doll dele não os faz  pessoas autenticas, os faz pessoas babacas.

 E ninguém quer ser amigo de babacas mesmo se os BJDs deles forem os mais lindos do mundo. 


É, Rowan... não tem como não falar da sua bundinha. Ou tem? XD




Um comentário:

Juliana Carvalho disse...

Acho que as vezes tem algumas pessoas que até sabem demonstrar desgosto com algo, mas com uma certa classe, mas a maioria das pessoas a gente sabe que chegam e criticam pra serem inconvenientes mesmo. Uma coisa é eu chegar e falar um 'poxa eu gostava mais do seu doll y com a peruca z' mas não é uma critica, e é aquilo, a pessoa tá falando que gostava de uma aparencia e não criticando efetivamente um personagem. Uma vez eu me irritei quando uma owner simplesmente sem motivo nenhum mandou um 'ah não me interesso por essa sua personagem pq odeio esse modelo'... tipo desculpa a personagem é minha quem tem que se agradar com ela e o modelo sou eu...

Uma coisa é a gente no fórum discutir sobre um modelo que achou feio quando foi lançado na loja... tipo o j miho com cara de 'derrame' rs. A gente não gostou mas tem quem goste e quem sabe com outra make o modelo não fique lindo?